75 3023-9999

Implante Dentário

Você sabia que os implantes dentários são freqüentemente a melhor opção de tratamento para substituir dentes perdidos? Ao invés de descansar sobre a linha da gengiva, como próteses removíveis, ou usando os dentes vizinhos como âncoras ou pilares para pontes fixas, os implantes são substitutos dentários que seu cirurgião maxilofacial insere cirurgicamente no maxilar e que oferecem um tratamento definitivo para a perda de um ou mais dentes.

A solução de escolha para a substituição de dentes perdidos

As estatísticas mostram que 69% dos adultos entre 35 e 44 perderam pelo menos um dente permanente por doenças da gengiva, canal não bem sucedido, caries recorrentes, acidentes, ou por próteses fixas com reabsorção. Além disso, aos 74 anos, cerca de 26% dos adultos já perderam todos os dentes permanentes.

Vinte anos atrás, estes pacientes não teriam outra alternativa senão recorrer a uma ponte fixa ou próteses removíveis para restaurar a sua capacidade de comer, falar com clareza e sorrir. Pontes fixas e próteses removíveis, entretanto, não são a solução perfeita e muitas vezes trazem consigo uma série de outros problemas. Próteses removíveis podem escorregar ou causar sons embaraçosos de cliques ao comer ou falar. Mas, ainda mais preocupante, as pontes fixas costumam afetar os dentes saudáveis adjacentes, e as próteses removíveis podem acelerar a perda óssea nas áreas em que elas são instaladas.
Por estas razões, pontes fixas e próteses removíveis geralmente precisam ser substituídas a cada cinco a 15 anos.

Feitos de um metal chamado titânio que se “combina” naturalmente com os ossos maxilaresimplante-dentario-1 através de um processo chamado de “osseointegração”.

Os implantes dentários não escorregam e nem fazem aqueles ruídos embaraçosos que anunciam que você tem “dentes falsos”. Além disso, como os implantes funcionam através de uma verdadeira fusão com os ossos maxilares, a perda óssea deixa de ocorrer.

Anatomia de um Implante Dentário

implante-dentario-2Um implante dentário projetado para substituir um único dente é composto de três partes: o implante de titânio, que se funde com o osso do maxilar através da osseointegração; o pilar, que se encaixa sobre o corpo do implante e que vai ser a peça principal de encaixe da coroa dentária; e, finalmente, a coroa, geralmente produzida em porcelana.

Muitas pessoas optam por uma ponte fixa para substituir um dente perdido. O problema é que uma ponte fixa requer o desgaste de dentes vizinhos saudáveis,
que servirão para sustentar essa ponte. Após isso, após alguns anos, fatalmente vai haver a necessidade de substituir a ponte fixa por causa de prováveis fraturas ou infiltrações, com novo custo adicional.

Da mesma forma, uma prótese parcial removível pode contribuir para a perda de dentes adjacentes. Estudos mostram que dentro de cinco a sete anos há uma taxa de insucesso de até 30% em dentes localizados ao lado de uma ponte fixa ou de uma prótese parcial removível.

Desgastes de dentes vizinhos saudáveis para suportar uma ponte fixa.

(a) Osso é mantido pela presença de dentes naturais ou implantes

(b) Perda óssea pela ausência de dentes

Com uma taxa de sucesso global de cerca de 95% e quase 50 anos de pesquisa clínica para apoiá-los, implantes dentários são freqüentemente a melhor opção de tratamento para substituir dentes ausentes.

(a) Um implante pode ser usado para substituir um único dente

(b) Dois ou mais implantes podem servir como um apoio estável para a substituição de muitos dentes

Muitos pacientes que escolheram fazer implantes dentários descrevem uma qualidade de vida muito mais confortável comparando ao estilo de vida que tinham com as pontes fixas ou próteses removíveis.

As dentaduras muitas vezes fazem a pessoa se sentir e parecer mais velhos do que são, causar embaraço em situações sociais, quando elas escorregam e fazem ruídos, além de restringir o prazer de comer todos os dias confortavelmente.

Quando contam os benefícios de que gozam, como resultado de seus implantes dentários, os pacientes dizem que o tratamento com implantes eliminou as frustrações e desconfortos causados pelas dentaduras mal ajustadas.

Os implantes permitem que as pessoas desfrutem de uma dieta saudável e variada, sem as restrições enfrentadas pelos usuários de prótese total. Com um renovado sentimento de auto-confiança, muitas pessoas redescobrem a emoção de um estilo de vida ativo compartilhada com a família e os amigos e a oportunidade de falar com clareza e confortavelmente com colegas de trabalho.

Por todas estas razões, as pessoas com implantes dentários, muitas vezes dizem que se sentem melhor … olham melhor … vivem melhor.

Você é um candidato para implantes dentários? 

Se você é jovem, de meia-idade ou idoso; se você precisa substituir um dente, vários dentes ou todos os dentes; Com exceção das crianças em crescimento, implantes dentários são a solução de escolha para pessoas de todas as idades.

Não há contra-indicações para implantes e mesmo pacientes com alguns tipos de problemas de saúde como diabetes, hipertensão arterial, etc, estando com seu quadro sob controle, podem recuperar seu sorriso com os implantes dentários.

Em relação aos fumantes, apesar de o tabagismo diminuir a taxa de sucesso dos implantes, não elimina a possibilidade de obtê-los.

Quanto aos pacientes que apresentam grandes perdas ósseas, o cirurgião maxilofacial poderá indicar enxertos ósseos para promover recuperação de espessura e/ou de altura óssea para a colocação dos implantes, ou ainda técnicas inovadoras tais como implantes cursos ou implantes zigomáticos, nas quais podemos até abrir mão dos enxertos.

Ou seja, qualquer pessoa que perdeu algum dente é candidata à reabilitação com implantes dentários